21/01/2013

Ciclo vicioso


Fizeste-o outra vez. Eu não sei se tu te apercebes que o fazes, se o fazes de propósito ou se sou eu que, simplesmente, vejo coisas que não existem. Vens falar comigo todos os dias, fazes-me elogios, fazes-me rir, fazes-me acreditar que somos mais do que amigos. Olhas-me e os teus lábios formam um sorriso, quase de forma instantânea. E eu acredito que também tu, com esse espírito meio descontraído, sentes qualquer coisa. Acordas-me com mensagens fofas e nunca deixas de me mandar um “Gmdt” antes de te ires deitar. Dás-me esperanças, falsas esperanças. Deixas-me presa, perdida neste meu mundo de fantasias. Deixas-me sonhar com o dia em que te vais declarar, deixas-me acreditar que estás apaixonado.
Até ao dia em que te volto a ver com alguém….
Dia em que passo a odiar-te, passo a odiar os teus olhos tímidos, o teu sorriso provocador, a forma como metes as mãos nos bolsos, cada vez que estás nervoso, a tua forma de ajeitar o cabelo ou de andar. Passo a odiar tudo aquilo que mais gosto em ti…   

Aí o ciclo recomeça…

6 comentários:

† Mrs. Inglaterra † disse...

Lindo texto. Gostou do layout?

Jessica Mendes disse...

AMEI <3, obrigada!

Jei~ disse...

Ohhh que nostalgia... Bem sei o que isso é!
Tens imenso jeito para a escrita, ADOREI!
Continua a escrever linda!

Beijinhos :3

Jessica Mendes disse...

AWW muito obrigada :3
Beijinhos!

Atena disse...

Bolas, moça! Descreves-te tudo o que estou a sentir de momento. No meu caso ele não tem ninguém nem gosta de ninguém. O que faz com que a esperança seja maior. Eu sei que o que é nosso às nossas mãos vem parar, mas algo diz-me para lutar.

Jessica Mendes disse...

Sendo assim luta :)